sábado, 2 de abril de 2011

Nove mortos em manifestação em Kandahar contra queima do Corão

  Nove pessoas morreram e mais de 70 ficaram feridas no decorrer de uma manifestação em Kandahar, no Sul do Afeganistão, contra a recente queima de um Corão no Estados Unidos. Antes sete pessoas ao serviço da ONU morreram após um protesto semelhante em Mazar-i-Sharif, naquele que é o mais grave ataque contra a organização desde 2001.
  Estes incidentes são os mais graves dos últimos meses em Kandahar, cidade que foi berço e bastião do regime taliban e aonde no Verão passado chegaram boa parte dos 30 mil reforços militares enviados pelos EUA. O reforço da presença militar permitiu à NATO entrar em distritos até há pouco controlados pelos taliban e lançar projectos de desenvolvimento com o objectivo de retirar aos rebeldes as suas bases de apoio na região.A intolerãncia religiosa está se tornando cada vez mais grave a cada dia. 
  Os prostestos começaram depois que uma pastor Wayne Sapp queimou um exemplar do Islão  numa igreja do estado da Florida. Durante a queima estava presente o polémico pastor Terry Jones, que no último aniversário do 11 de Setembro prometera também incendiar o Corão, levando mesmo a uma intervenção do Governo norte-americano.
Algo que é característo nos Estados Unidos é a democracia,é um país que existem várias denominações religiosas,existem leis lá que até defendem manifestações como os "cuccusclan"que incitam ódio contra os negros e também os Nazistas.Na verdade está "democracia" acaba gerando uma série de manifestações de intolerância religiosa e consequentemente espalhando ódio por todo o mundo,fato por ser os Estados Unidos ser uma grande potência no mundo.
  Penso que fatos como estes poderão se reperti inúmeras vezes e até aumentar ainda mais,creio que estamos vivendo os útimos dias.
Deus te abençoe.







Nenhum comentário:

Postar um comentário