terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Sua Escolha Marcará Sua Vida.

"Fui uma pessoa que já passou de tudo nesta vida e nesta carta,vou fazer um breve resumo de minha vida:
Hoje eu tenho 76 anos e meu nome é Doralice mas gosto que me chamam de Dora.Estou prestes a parti desta pra  eternidade.Quando criança fui criada num ambiente e não tive referência nenhuma de família,meu pai era sempre calado e batia muito na minha mãe,somos  filha única e quando tinha 7 anos fui convidada por uma amiga pra ir numa destas igrejas desses crentes fanáticos,não entendia porque eles oravam tanto e passavam tanto tempo indo na igreja,mas não gostava,era nova demais pra estas coisas de ser certinha.
  O tempo foi passando,fui levando a vida,estudando e correndo atrás de meu sussesso,afinal teria que ser alguém na vida não é?Acostumava a olhar somente pra mim,pensava  que ninguém nunca se importava comigo.
  Quando estava com dezessete anos,reencontrei com aquela amiga que me convidou pra ir na igreja,me falando de um Jesus,novamente rejeitei,ela ficava me convidando direto pra ir na igreja e as gostava do estilo de vida que tinha e me deitava com muitos rapazes. Disse pra ela que queria aproveitar a vida da minha forma,do meu jeito;puxa precisava ser bem sucedida,quem sabe me casar ter filhos,sei lá.
  No ano seguinte entrei pra faculdade,no algue da ditadura.Em 1959 havia acabado de me formar e seis meses depois me casei com um cara que pensava que amava mas apenas gostava,vivi com ele durante 12 anos e com dois anos de casada descobrir que não podia ter filhos,pra mim era bom até porque como eu não gostava dele eu o traia com vários rapazes.
  Meu desejo sempre foi ser feliz,sempre fui egoísta e quando ainda era criança cuspia nos doces e pipocas só pra não compartilhar com ninguém, nunca tive amigas e era funcionária pública. Sempre tive um bom salário e minha vida sentimental sempre foi uma negação.Meus pais morreram em um acidente de transito e meus tios e avós eram do nordeste e nunca os conheci,meus tios não quiseram ficar comigo e fui parar  num orfanato;com 12 anos  fui adotada por um casal que eram meus vizinhos e não podiam ter filhos,eles morreram quando me formei na faculdade.
  Durante a minha vida me casei 5 vezes e quando enjoava do relacionamento me separava, sempre fui bem sucedida em minha vida profissional e financeira,mas em outra áreas era uma grande frustada. Depois de algum tempo, me encontrei com aquela amiga seu nome era Maria Beatriz,contei pra ela  minhas histórias,minhas conquistas e frustrações;ela de novo me convidou pra aceitar a Jesus,respondi que não,não acreditava nestas coisas,ela insistiu tanto que discutir com ela, chamei de fanática mas no fundo a considerava minha amiga,não sabia porque eu a chamava de amiga,talvez porque existia algo diferente nela.
  Em 1994  quando estava com 58 anos descobri que estava num grau avançado de diabetes,até porque nunca adoeci de verdade,havia duas feridas que nunca saravam em minhas pernas e uma ano depois tive que amputa las,nunca gostava de ir ao médico,mas isto me assustou.Gastei muito dinheiro com tratamento.O tempo foi passando e minha aposentadora dá pra pagar somente este asilo,que moro há 12 anos,tive que vim pra cá.
  Chegou num momento em que não pude me cuidar sozinha,durante toda a minha vida sempre procurei a felicidade,sei lá viver e curti(como dizem os jovens de hoje),nunca usei drogas,sempre era convencida de que era uma pessoa boa.Corri,corri trabalhei mas nunca tive a Paz que os Cristãos tem,nunca fui religiosa,me considerava ateu.
  Hoje dia 29 de abril de 2012,aqui nesta solidão e contando com a ajuda destas cuidadoras.Recebi uma visita que me surpreendeu...Aquela amiga a Maria Betriz  veio me visitar,me falando novamente daquele Jesus.ela tem a mesma idade que eu,mas a sua aparência é bem mais jovial ,tem brilhos no rosto que sempre vi,mas nunca enxerguei de verdade .Não sei como ela me encontrou mas desta vez eu aceitei este Jesus,que mudou a minha vida,na verdade neste pouco que me resta.
  Sabe,minha história poderia ser diferente,hoje estou fraca,se tivesse oportunidade talvez seria  bem melhor estes meus últimos dias,teria feito bem mais pra Jesus.Descobrir que a vida é feito de escolhas,dependendo das escolhas poderemos ter oportunidade de nos redimir,se arrepender e consertar os erros,sempre me achava boa,mas bom mesmo é Jesus.
   Neste resumo,gostaria de alertar esta juventude que tem garra e força.Quer saber, deposite toda a tua juventude em Deus,cultive boas amizades,não faça de seu corpo um deus,cuide de sua saúde.Agora estou velha e queria poder falar de Jesus a todos que ovem,eu podeira te O aceitado,talvez a minha vida poderia ter sido diferente.Pelo ao menos tive esta oportunidade,muitos não tem e morrem precocemente.
  Hoje penso que quem escolhe o nosso destino e final de vida é nós mesmo,tive muitas pra oportunidades pra mudar minha minha mas...Vou parti pra eternidade,vou abraçar meu Jesus crendo em minha salvação e perdão,mas por outro lado me arrependo de coração porque sei que poderia ter feito mais pra Ele.
Deus te abençoe e divulgue isto,sei que muitos precisam ler isto!
Dora faleceu poucas semanas depois que escreveu esta carta pra sua amiga Maria Beatriz que sempre foi fervorosa,seu pai e seus três filhos são pastores e obreiros,seus netos também. Durante toda a sua vida falara de Jesus para Dora que só O reconheceu como Salvador em seu últimos diasde vida. A palavra que tenho pra você leitor,principalmente jovem e com saúde,dedique se mais em servi a Deus com fervor neste ano de 2013.Deus te abençõe.

"Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; 
Eclesiastes 12:1"(biblia on Line)









 

Nenhum comentário:

Postar um comentário